>> Podologia e os pés de risco

 Podologia e os pés de risco

O que é pé de risco?

São considerados pé de risco, todos aqueles apresentam alterações neurológicas, metabólicas sistêmica e vascular.

Qual é a melhor forma de evitar a amputação dos membros inferiores?

Com certeza é a prevenção, neste caso o tratamento preventivo com profissional da Podologia é o grande e maior passo.

O tratamento para portadores do pé diabético reduz risco de problemas graves?

Sim. Á dedicação dos pacientes diabéticos ao tratamento preventivo pode antecipar a ocorrência de problemas graves. Como por exemplo evitar amputações dos membros.

Os paciente Hansenianos tem problemas com os pés?

Sim. A perda de sensibilidade e o surgimento de manchas brancas, são os fatores que preocupam. E também são considerados pés de risco.

Qual dica de maior valor aos pacientes diabéticos com que diz respeito aos membros inferiores?

O ideal é que todos os diabéticos além de fazer o tratamento adequado em caso de feridas, tenham cuidados excessivos com sapatos e também com os calos e bolhas que surgem.

  • Você sabia que existem cinco maiores cuidados para evitar complicações graves?
  • Manter a glicemia controlada
  • observar os pés diariamente
  • Manter os pés limpos e hidratados
  • Visitar o podólogo á cada 30 dias para diagnosticar, tratar e prevenir as podopatias decorrentes da doença.
  • Usar sapatos fechados, macios e sem costura.

Obs: Não esqueça que o podólogo precisa te passar confiança no primeiro atendimento, isso te ajudará a manter um vínculo maior para dar prosseguimento no tratamento de prevenção.

Qual motivo das úlceras no pé diabético?

As úlceras surgem por dois motivos: são eles feridas causadas por traumas ou por sapatos não confortáveis; as úlceras na sola dos pés são causadas pela combinação de deformidades ósseas ou circulação.

Perda de sensibilidade nos pés e formigamento frequente pode ser sintoma para o pé de risco?

Sim! Apesar da grande maioria das pessoas só perceber a gravidade quando já existem feridas.

A retirada de cutículas em pacientes diabéticos é legal?

Á função das cutículas são proteger e impedir as micoses e bactérias. Por isso é indicado não remove-las.

As micoses de unhas em pacientes diabéticos pode ser um risco?

Sim. Pode levar o paciente á amputação dos membros de não tratadas, tendo risco de várias outras doenças tais como infecção óssea (osteomielite).

By |2018-05-07T00:00:00-03:00maio 7th, 2018|Perguntas e Respostas|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário